MASSAI

Massai

INDICAÇÃO


1º Webinário MATSUDA - "Qualidade da sementes forrageiras"
run
SEMENTES

1º Webinário MATSUDA - "Qualidade da sementes forrageiras"

Dicas de plantio
run
SEMENTES

Dicas de plantio

Dia de Campo - Coopermota
run
SEMENTES

Dia de Campo - Coopermota

Vantagens da MG13 Braúna
run
SEMENTES

Vantagens da MG13 Braúna


Origem: EMBRAPA - híbrido espontâneo entre 

P. maximum e P. infestum, coletado em Tanzânia / África em 1969

Nome comum: Massai

Nome científico: Panicum maximum  sinonímia: Megathyrsus maximus

Cultivar: Massai 

Recomendações de solo: para solos de média a alta fertilidade

Utilização: para pastejo direto e fenação

Produção de forragem: 14 a 15 t/ha/ano de matéria seca (M.S.)

Teor de proteína na M.S.: 8 a 13% 

Altura da planta: 60 a 80 cm

Precipitação pluviométrica: Acima de 1.000 mm anuais 

Profundidade de plantio: 1 a 2 cm

Ciclo vegetativo: Perene



ORIGEM


Essa cultivar foi lançado comercialmente pela Embrapa em 2001, é citado como um híbrido espontâneo entre Panicum maximum x Panicum infestum. Foi coletado em Tanzânia/África em 1969.



CARACTERÍSTICAS AGRÔNOMICAS


É uma planta que forma touceiras com altura média de 60 cm, com folhas quebradiças, sem cerosidade e largura média de 9 mm.

As lâminas apresentam densidade média de pêlos curtos e duros. Os colmos são verdes. O Massai é um capim precoce, florescendo e produzindo sementes várias vezes ao ano. S

eu florescimento é intenso, rápido e agrupado. Foi avaliada diversas vezes quando a resistência à cigarrinha Notozulia entreriana se mostrou resistente, com baixo nível populacional de adulto e ninfa. Informações: Embrapa CNPGC / Comunicado Técnico COT nº 69 (Nov 2001)

Topo